Imperativo Estratégico

Para Companhias Brasileiras, incorporar o viés sustentável nos negócios é importante diferencial para aproveitar vantagens competitivas

O desenvolvimento da sustentabilidade como parte estratégica dos negócios é uma das mais expressivas mudanças no mundo corporativo das últimas décadas. Na área acadêmica, inúmeros trabalhos já vem, há algum tempo, mostrando que o sucesso empresarial passou também a ser associado também à legitimidade social do que é produzido e da forma como é produzido. Analisar os fatores de relevância da sustentabilidade empresarial pode nos fazer entender melhor as reais motivações de organizações que buscam, em um novo paradigma, a expressão maior de seus valores. É deles que vêm, atualmente, as maiores mudanças adotadas pelas companhias rumo a uma gestão sustentável. Ao empenhar seu dinheiro, bancos, fundos e seguradoras estão cada vez mais incorporando fatores de sustentabilidade nas análises de risco de solvência e sobrevivência das empresas clientes. E os consumidores tornam-se cada vez mais ativos no exercício de seu poder de influenciar nas decisões das empresas das quais adquirem produtos e serviços.

No Brasil, país com vantagens comparativas extremamente bem estruturadas – recursos naturais abundantes, crescimento econômico e muito por fazer -, incluir a visão de sustentabilidade nos processos produtivos pode significar a diferença entre ganhar ou não ganhar valor adicionado, principalmente em um mundo que a cada momento se torna mais exigente quanto a novas abordagens mercadológicas, econômicas e regulatórias.

Fonte: Revista HBR maio/2011